Notícias

Sexta-Feira, 01 de Abril de 2016 às 09:22:20

CAMPANHA DIA MUNDIAL DA VOZ 2016

Campanha Dia Mundial da Voz 2016

Minha voz, minha identidade

 

Em 2016 o Sistema de Conselhos de Fonoaudiologia e a Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia – SBFa -  se unem para fortalecer mais uma edição do Dia Mundial da Voz, comemorado no dia 16 de abril. Uma série de ações de conscientização sobre os cuidados com a Voz acontece durante os meses de março e abril em todo o país para alertar a população sobre como manter hábitos saudáveis e cuidados com a voz.

 

Padrinhos – Os apresentadores do programa Hoje em Dia, Ana Hickman, César Filho, Renata Alves e Ticiane Pinheiro estrelam a campanha 2016 do Dia Mundial da Voz e junto com o Sistema de Conselhos e SBFa ajudam na conscientização de que a voz além de identificar cada ser humano também é um poderoso instrumento de comunicação e requer cuidados diários. Por isso, o recado anual da Fonoaudiologia é: ‘Seja amigo da sua Voz’ 

Esta é a 17ª edição da campanha e os organizadores mobilizam os profissionais para promover a saúde da voz que é indispensável a todos os cidadãos,  principalmente para aqueles que se utilizam dela como instrumento de trabalho.

A presidente do Conselho Federal de Fonoaudiologia, Bianca Queiroga, enfatiza que além de promover a saúde da população, a campanha também fortalece a profissão. “Em cada uma das ações realizadas reforçamos a atuação do fonoaudiólogo nos cuidados com a voz”, afirma.

 

De acordo com Márcia Menezes, coordenadora do Departamento da Voz da SBFa, as ações acontecerão por todo o País e em breve o edital para participar do prêmio de Melhor Campanha da Voz será lançado. Para isso é preciso estar atento ao site da SBFa através do link: http://www.sbfa.org.br/campanhadavoz/

 

Saiba mais:

A voz é tão individual quanto a impressão digital, ela tem relação direta com a idade, sexo, personalidade, emoção e profissão. Assim como temos a identificação de uma pessoa pela digital, temos a identidade vocal. Por isso, é preciso cuidar dela durante todas as fases da vida. Artistas, professores, operadores de telesserviços e demais profissionais que utilizam a voz precisam ter atenção redobrada. Sintomas como rouquidão, pigarro constante, voz fraca, falhas ou cansaço ao falar merecem atenção. Diante de qualquer um deles, consulte um fonoaudiólogo e um otorrinolaringologista. Minha Voz, Minha Identidade!

 

Devo procurar um especialista somente em caso de alteração na voz por mais de um mês?

NÃO

Sintomas como rouquidão, pigarro constante, falhas na voz, cansaço ao falar, voz fina ou grossa demais podem ser sinais de problemas. Observe se eles melhoram quando você permanece por alguns dias sem falar muito e se pioram em situações em que usa mais a voz. Caso os sintomas durem mais de 15 dias, você deve consultar um médico otorrinolaringologista e um fonoaudiólogo.

 

Tenho um problema de voz. Devo procurar um fonoaudiólogo?

SIM

A avaliação do médico otorrinolaringologista e do fonoaudiólogo sãocomplementares nos casos de problemas de voz. O médico faz o diagnóstico nosológico e indica a conduta do caso (remédios, cirurgia ou fonoterapia). O fonoaudiólogo, especialista em voz, avalia o comportamento vocal e define a conduta fonoaudiológica necessária (orientação, aperfeiçoamento e exercícios).

 

Qualquer pessoa pode ter problemas na voz?

SIM

Qualquer pessoa, em qualquer idade, pode apresentar alteração vocal. No entanto, as pessoas que utilizam muito a voz socialmente (ex.: festas, bares, reuniões) ou profissionalmente (ex.: aulas, shows, ensaios, palestras, vendas) têm mais risco de apresentar problemas vocais. Essas devem ficar atentas aos primeiros sinais ou sintomas de mudança na voz.

 

A voz também passa por modificações naturais ao longo da vida?

SIM

Por questões anatômicas e/ou hormonais a voz se modifica. Há dois períodos mais marcantes dessa mudança: na puberdade, mais evidente nos meninos; e na senescência, após os 65 anos, quando ela pode ficar mais fraca, trêmula, com uma tendência de tornar-se mais grave nas mulheres e mais aguda nos homens.

 

Fatores como consumo de álcool e tabaco também podem provocar problemas vocais?

SIM

Ambos são agressores do corpo como um todo e em particular da laringe. Principalmente o tabaco tem grande associação com o câncer de laringe.

 

Beber água regularmente ajuda a manter a voz saudável?

SIM

A água é importante porque hidrata a laringe e diminui os riscos de lesão nas pregas vocais. Outra dica importante é falar sem esforço e articular bem as palavras. Em locais barulhentos, evite competir com o ruído do ambiente. Também é importante evitar pigarrear, gritar e falar muito.

 

Só cantores precisam aquecer as pregas vocais?

NÃO

Cantores, professores, atores, locutores de rádio, operadores de telesserviços, religiosos, vendedores, repórteres, advogados, políticos, dubladores, todas as pessoas que trabalham com a voz precisam adotar cuidados. O fonoaudiólogo é indicado para instruir esses profissionais no aprimoramento da comunicação e na manutenção da saúde da voz.

 

 Sistema de Conselhos e SBFa se unem na conscientização de que a voz além de identificar cada ser humano também é um poderoso instrumento de comunicação e requer cuidados diários #MinhaVozMinhaIdentidade

 

 Sistema de Conselhos e SBFa unidos na Campanha Mundial do Dia da Voz

#MinhaVozMinhaIdentidade 

 

 

 


cartaz-voz-2017.pdf
folder-voz-201.pdf
OF CIRC CFFa nº 47 - 2017 - Envia materiais de divulgação da Campanha do Dia Mundial da Voz 2017
↵ voltar

Receba notícias por email:

Clique e veja o portal da transparência:

portal da transparência

Siga-nos

Conselho Regional de Fonoaudiologia - 2017 - www.crefono3.org.br

CGDW